O retorno do(a) estudante à escola

O retorno do(a) estudante à escola

Este módulo contempla os seguintes perfis:

O retorno dos(as) estudantes deve ser cuidadosamente preparado, exigindo um trabalho coletivo de todos(as) que fazem parte da Busca Ativa Escolar, da comunidade, dos(as) profissionais da escola e dos(as) colegas de classe.

É importante que todos(as) os(as) envolvidos(as) estejam abertos(as) ao diálogo e sejam receptivos(as), assumindo uma postura de acolhimento, um olhar atento e generoso, livre de descrédito, rótulos e preconceitos, em relação aos(às) estudantes reintegrados(as).

O papel da escola

Não é exagero dizer que a escola tem que assumir o papel de se olhar por inteira, repensando suas atividades e a relação que cada uma delas tem com o mundo vivido pelos(as) seus(suas) estudantes. Algumas ações importantes para atender às necessidades das crianças, adolescentes e suas famílias, buscando contribuir para a superação da exclusão e do fracasso escolar, são:


A aproximação da comunidade

Comunidade é um coletivo de pessoas que movem seu cotidiano de vida pautado em relações de proximidade e de reciprocidade, num espaço específico que chamamos de território.

Essa rede de pessoas, instituições e relações dá uma feição única ao território, pois, cada lugar tem características próprias de organização e de funcionamento, dependendo de como o espaço físico e social são ocupados.

Assista ao vídeo e entenda a importância de conhecer as redes que compõem uma comunidade, além do seu papel para a implementação da Busca Ativa Escolar:


A relação com as famílias

Os(as) profissionais da escola e da Busca Ativa Escolar precisam compreender as diversas dinâmicas familiares e criar canais de diálogo, a fim de garantir a permanência e a aprendizagem das crianças e adolescentes nas salas de aula.

Numa situação de exclusão escolar, estreitar laços com os familiares e cuidar para que esta relação se reestabeleça e se fortaleça torna-se central. A escola precisa considerar a família como parceira nas ações e integrá-la ativamente ao cotidiano de trabalho.


Veja como a participação das famílias na vida escolar dos(as) filhos(as) é fundamental para a garantia do direito à Educação e conheça ações para estreitar os laços entre família e escola:




Saiba mais

Quando o retorno à escola é planejado por técnicos(as), educadores(as) e família, as chances de sucesso são grandes. Veja exemplos dessa integração em dois municípios brasileiros:


São Bernardo do Campo – SP


Lagoa Santa – MG



Trajetórias de Sucesso Escolar

Para enfrentar a cultura de fracasso escolar e a distorção idade-série, o UNICEF, o Instituto Claro e parceiros desenvolveram a estratégia Trajetórias de Sucesso Escolar.

No site da estratégia, são disponibilizados indicadores de fluxo escolar e recortes por gênero, raça e localidade que mostram as relações entre o atraso escolar e as desigualdades brasileiras. Todos esses dados podem ser visualizados em níveis nacional, estadual, municipal e por escola.

A estratégia oferece também um conjunto de recomendações para o desenvolvimento de políticas educacionais que promovam o acesso, a permanência e a aprendizagem dos(as) estudantes.

Clique aqui para acessar o site e saber mais.